Buscar
  • Sérgio M. Botelho Júnior

Instituto Crescer inicia a produção de máscaras para os moradores de rua


Nesta semana, a unidade de Reinserção Social do Instituto Crescer, sediado em Vicente Pires-DF, deu início à produção de máscaras de proteção para serem doadas aos cidadãos em situação de rua e para as comunidades terapêuticas que ainda não dispõem do produto. 


E para além da solidariedade, a fabricação das máscaras tem ajudado a capacitar a mão de obra dos dependentes que estão em processo de reinserção social, o que o ajuda a garantir não somente uma renda fora da CT, como também o auxilia a viver uma vida plena e cidadã. 


Um exemplo desse impacto da medida está no jovem Ezequiel. “Pra mim está é uma experiência incrível, porque nunca costurei e nunca tinha visto uma máquina de costura. Então está sendo muito bom, sem falar que poderemos ajudar os mais necessitados nesse momento em que as máscaras estão em falta e são tão necessárias”, comentou o acolhido. 

Esse reconhecimento dado pelo Ezequiel é unânime entre todos os acolhidos que estão no processo de reinserção social. Por isso, eles estão trabalhando e parabenizando o Instituto Crescer pela iniciativa. “Estamos trabalhando para ajudar os nossos irmãos com muito carinho, muito amor e muita paixão”, disse o acolhido Rodrigo. 

Cabe destacar que devido a pandemia do novo Coronavírus, o Instituto Crescer, com a ajuda de doações de representantes da sociedade civil, mobilizou esforços para fabricar 1.000 máscaras de TNT e 300 de tecido. Já a entrega deve ocorrer nos próximos dias.


Por Sérgio Botêlho Júnior

  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter ícone social

©2019 por Imagine.Acredite