Buscar
  • Sérgio M. Botelho Júnior

Influência do universo digital nas Eleições 2020


As redes sociais são circuladoras de informações capazes de impactar e gerar

mobilizações, além de aproximar os usuários que comprazem as mesmas opiniões.

Nas eleições de 2018, o então presidenciável, Jair Bolsonaro, revolucionou o modo de

fazer a campanha política e foi o primeiro candidato eleito pelas mídias sociais.


A comunicação entre os usuários das redes sociais se torna abrangente e os

conteúdos mais acessíveis às pessoas de diversos nichos, a partir dos progressos da

tecnologia. Hoje a sociedade exige transparência nos sistemas político, econômico e

socias e devido a influência, grande parte da imprensa, é pautada pelos debates que

acontecem entre os internautas.


A pergunta que devemos fazer, é como as mudanças das eleições de 2020 vão refletir

as próximas eleições no futuro, visto que, esse ano será diferente por causa da

chegada da pandemia. Os candidatos não podem fazer campanha corpo a corpo com

os seus eleitores, porque os decretos locais, estabelecidos pelos governadores,

proíbem aglomerações e isso fez com que a equipe dos pré-candidatos mudasse as

estratégias para se adequar a essa nova realidade.


As Eleições municipais foram adiadas para 15 de novembro, de acordo com a Emenda

Constitucional 107/2020. Os candidatos contam com a ajuda do alcance e a influência

que as plataformas, como Youtube, Facebook, Whatsapp, Instragram, Twitter geram

mudando a opinião pública a todo instante, a exemplo do Tik Tok, nas eleições dos

Estados Unidos da América, que está desfavorecendo a reeleição de Trump. Qualquer

discurso público não mais fica sem contestação e devemos separar as notícias

verdadeiras das Fakes News.


Segundo estudo realizado pelo Compete.com, de 2009, a rede social de maior alcance

é o Facebook, lançado em fevereiro de 2004, com o objetivo de interação entre família

e amigos, a perspectiva mudou e transformou a plataforma em debates políticos. Os

candidatos precisam estar preparados tanto para os elogios quanto as críticas e

dialogar de acordo com seu público-alvo.


As plataformas digitais possibilitaram aos eleitores a fiscalização das promessas que

os postulantes fazem em época eleitoral e não cumprem quando são eleitos. Nas

próximas eleições, será difícil para os candidatos ficha-suja consigam se eleger. A

sociedade está mostrando a revolta e o cansaço do mais do mesmo e estão dando a

oportunidade para novos nomes que buscam transformar o país.


Ascom ImagineAcredite

  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter ícone social

©2019 por Imagine.Acredite