Buscar
  • Sérgio M. Botelho Júnior

Governo Federal facilita acesso de dependentes às comunidades terapêuticas

Depois de reconhecer a importância das comunidades terapêuticas no tratamento de dependentes químicos, o Governo Federal, por meio do Ministério da Cidadania, lançou o mapa virtual de comunidades terapêuticas no Brasil. A ideia é facilitar o acesso dos dependentes químicos à CT mais próxima.


A plataforma está disponível no site do Ministério da Cidadania, na sessão de cuidados e prevenção às drogas. Lá, os interessados poderão conferir onde há uma instituição terapêutica mais próxima do seu domicílio e o principal: com o quantitativo de vagas financiadas e disponíveis para esta população.


Além disso, o mapa oferece, além do georeferenciamento, informações como nome, e-mail de contato, número de vagas e recursos públicos aportados na unidade. Por isso, o secretário de Cuidados e Prevenção às Drogas, Quirino Cordeiro, destacou que a ferramenta democratiza o acesso ao tratamento de qualidade.


"Estamos, através dessa ferramenta, ofertando uma série de informações para a população, que vai desde a localização até o número de vagas oferecidas e meios de contato. Tudo isso facilita que o interessado busque e encontre tratamento de qualidade", afirmou.


Atualmente, a plataforma dispõe de mais de 500 comunidades terapêuticas cadastradas, sendo que 485 delas estão distribuídas entre os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.


Além disso, é importante destacar que, devido a sua regulamentação, as comunidades terapêuticas têm buscado aprimorar seus serviços investindo em infraestrutura e em profissionais. Sem contar com o apoio do governo em programas que visam garantir a reinserção social dos dependentes químicos.


Por Sérgio Botêlho Júnior


  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter ícone social

©2019 por Imagine.Acredite