Buscar
  • Sérgio M. Botelho Júnior

Governo Federal e Distrital alinhados contra as drogas


Nesta quarta-feira (9) o novo subsecretário de Enfrentamento às Drogas do Distrito

Federal, Juvenal Araújo, cumpre a primeira agenda oficial. A reunião de trabalho aconteceu na Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, do Ministério da Cidadania, com o Dr. Quirino Cordeiro. Participaram também o Diretor de Articulação e Projetos Estratégicos da SENAPRED, Edu Cabral; o Coordenador de Prevenção, Monitoramento, Acolhimento e Reinserção Social da SUBED, Bruno Albuquerque; Assessora de Assuntos Legislativos da SUBED, Dra. Adriana; o representante das pessoas em situação de rua, Rogério Barba; e o Editor Geral da Revista e Site ImagineAcredite


Segundo o Senapred, o Governo Federal tem 2 convênios com o Governo do Distrito Federal, sendo que um deles trata do apoio às famílias de dependentes químicos no processo de recuperação das pessoas e o outro convênio trata da estruturação, ampliação e fortalecimento da rede de cuidado e recuperação de pessoas com dependência química. “Esses 2 convênios perfazem aí o valor total de 3 milhões 545 mil reais, que é um recurso aportado pelo governo federal e o GDF para a realização desses convênios em parceria”, pontua.


Na oportunidade ainda foram discutidas outras possibilidades de trabalho conjunto, como, por exemplo, fortalecimento das Comunidades Terapêuticas e dos grupos de mútua ajuda e apoio familiar, na área do cuidado e tratamento dos dependentes químicos. Já na área de prevenção foi defendido o fortalecimento do Proerd nas escolas do Distrito Federal.


“Essa aproximação com o novo subsecretário de Enfrentamento às Drogas é extremamente importante, já que o governo federal vinha realizando trabalhos e projetos com o GDF com intuito de enfrentar de maneira mais efetiva as drogas e todas as consequências danosas relacionados a elas. E o objetivo então é de que nós possamos fortalecer essas ações e trabalhar em ações futuras”, destaca Quirino Cordeiro.


Para o novo subsecretário, Juvenal Araújo, a reunião foi muito produtiva porque sairá alguns documentos de cooperação entre o DF e o governo federal no que tange à Política sobre Drogas para Brasília. “O DF, junto ao Dr. Quirino, nós teremos alguns projetos pilotos ligados a política de abstinência. E nós agora, a partir de então, já estamos em contato para produzirmos outros projetos que o Ministério também acredita ser de muita importância nessa política”, destaca.


Ele ainda completa dizendo que o trabalho também será voltado ao fortalecimento das comunidades terapêuticas. “Tanto a qualificação das pessoas que trabalham nas comunidades terapêuticas, como também dos dependentes químicos que ali estão também durante esse período de acolhimento. E o que nós saímos dali muito feliz é que o DF será um grande polo piloto dos projetos das políticas de abstinência daqui para o Brasil”, garante.


Já o representante das pessoas em situação de rua, Barba, disse que esse convite foi importante para que esse público também seja ouvido. “As políticas públicas da abstinência, de enfrentamento a droga passa a ouvir a população em situação de rua e a gente está ali com uma voz, né. Essa parceria do GDF com o Governo Federal é muito importante e eles têm chamado a gente pra ir lá e construir junto. Isso é muito importante porque a gente passa a construir essa política junto. O Estado começa a ouvir aquilo que a gente tem a dizer ao Estado, principalmente se falando em políticas públicas”, explica.


Ascom ImagineAcredite




 

 

 

 

 

 


  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter ícone social

©2019 por Imagine.Acredite