Buscar
  • Sérgio M. Botelho Júnior

Frei Rogério resgata período de trocas para amenizar desigualdades





Com o objetivo de amenizar as desigualdades sociais e fomentar doações, o Frei Rogério tem realizado constantemente uma feira solidária na região da 615 Sul, em Brasília-DF. Nela, o dinheiro não existe apenas a troca de mantimentos e tudo isso foi gerado graças a um agricultor que chegou à Igreja Sagrado Coração de Jesus.


“Esse agricultou chegou em minha paróquia dizendo que havia plantado abóboras, mas que não tinha alimentos em sua casa. Dai, ele perguntou se poderia trocar as abóboras por cestas básicas. Aquilo comoveu o meu coração e eu entendi que era digno fazer a troca”, relembra.


E completa: E aí eu pensei em ampliar e levar essa experiência pra comunidade. Foi então que a gente montou a feirinha solidária, pois antes mesmo do dinheiro existir, as pessoas trocavam os seus produtos e o que elas produziam. Nós estamos resgatando uma coisa do passado para resolver um problema do presente. Acho que a ideia é esta”.


O frei ainda lembrou que desde que criou a feirinha solidária, muitas doações têm chegado a Igreja do Sagrado Coração de Jesus, onde as pessoas recorrem para realizar as suas trocas. “A pessoa tem dois produtos em casa, então ela vem até aqui e troca por outro que ela esteja precisando. E esse sistema de troca vai ajudando para que as pessoas não passem por privações”, explica.


Além da feirinha solidária, o frei também desenvolve o projeto batizado de Confissões solidárias. Nele, o religioso coloca duas cadeiras em praça pública e passa a ouvir as pessoas. “As pessoas querem falar, desabafar, colocar seus sentimentos pra fora e nós as ajudamos”, ressalta.


Por Sérgio Botêljo Júnior

  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter ícone social

©2019 por Imagine.Acredite