Buscar
  • Sérgio M. Botelho Júnior

Fazenda da Esperança Masculina chega a Brasília com o apoio dos Governos Federal e Distrital


Na última sexta-feira, o Frei Hans, fundador da Fazenda da Esperança, lançou, na parte da manhã, a pedra fundamental em Ceilândia, na zona rural. A construção da primeira unidade masculina do Distrito Federal será realizada em um terreno de 35 hectares, que foi cedido pelo governo do Distrito Federal. Participaram o presidente da Terracap, Izidio Santos Junior; o diretor de Regularização Social e Desenvolvimento Econômico, Leonardo Mundim; a secretária da Sejus, Marcela Passamani; e os Freis Rogério e Adonis, da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora das Mercês.


Lançamento da pedra fundamental


A noite foi celebrada, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora das Mercês, na Asa Sul, a Missa em ação de graça por mais essa conquista, que foi presidida pelo Frei Hans Stapel e concelebrada pelo Provincial, Frei John Londerry; Frei Rogério; Frei Adonis; Frei Fernando; Frei Carlos e o padre Angelotto. No decorrer da Missa, o presidente da Confederação Nacional das Comunidades Terapêuticas, Adalberto Calmon, e o jornalista Sérgio Botelho emocionaram os fiéis com os seus testemunhos de superação em uma das unidades da Fazenda da Esperança. Eles contaram que a espiritualidade dentro da comunidade foi fundamental para que conseguissem um novo capítulo em suas vidas.


E estiveram presentes, na Missa, o presidente da República, Jair Bolsonaro, junto com a primeira-dama, Michele Bolsonaro e a ministra Damares. Jair Bolsonaro, a convite do pároco Frei Rogério Soares, disse aos fiéis: “Confesso que não estava preparado. É muito bom estar entre aqueles que tem Deus no coração, é muito bom participar de uma Missa, eu sou católico, mas confesso que tenho me afastado bastante, por causa dos compromissos, é bom que a gente lembra que é mortal.”


O presidente revelou que ficou emocionado com os depoimentos e pediu aos fiéis que reflitam que somos mortais. Ele ainda agradeceu a Deus pela sua vida e pela missão de ser chefe do Executivo. “Obrigado a Deus, mais uma vez, que nos dê forças, e mais que sabedoria, coragem para decidir, pois quando decidimos, podemos fazer a felicidade de muita gente, é isso que queremos”, complementou o presidente.

Em entrevista a ImagineAcredite, a ministra Damares disse que essa construção representa esperança a todos que precisam de ajuda para se libertarem da dependência química. “Trazer uma oportunidade de mudança de vida pra muita gente. Então, nós estamos felizes e na expectativa de que essa obra seja erguida o mais rápido possível pra que vidas sejam beneficiadas”, pontua a ministra.


Questionada sobre o papel do Ministério dos Direitos Humanos, ela destaca que o compromisso é garantir aos cidadãos os direitos ao tratamento. “A gente quer fazer essa articulação no nosso ministério para fazer levantamento de recursos para as Comunidades Terapêuticas. Ai do Brasil se não fossem as Comunidades Terapêuticas. Elas têm resultados, tem número. Quem critica é porque não conhece o trabalho e as vidas que foram transformadas por meio das Comunidades Terapêuticas”, finaliza Damares.


É importante frisar que a Fazenda da Esperança conta com 150 unidades espalhadas pelo o Brasil e em outros 24 países, e acolhe pessoas que desejam livremente se recuperar de drogas, lícitas e ilícitas e tantos outros tipos de vícios. É necessário entrar em um processo pedagógico de 12 meses de duração. O método de acolhimento tem três fatores primordiais: trabalho como processo pedagógico; a convivência em família; e a espiritualidade para encontrar o sentido da vida.


Por Sérgio Botêlho Júnior










  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter ícone social

©2019 por Imagine.Acredite