Buscar
  • Sérgio M. Botelho Júnior

Campanha contra o uso de drogas no Brasil já atingiu 16 milhões de pessoas










Com o objetivo de evitar o ingresso de crianças e adolescentes ao perverso mundo das drogas, a Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas (SENAPRED) do Ministério da Cidadania, lançou a Campanha Nacional de Prevenção ao Uso de Drogas. O ato foi lançado em junho deste ano tendo como foco os brasileiros com idades entre 14 e 18 anos.


Com o slogan “Você nunca será livre se escolher usas as drogas”, a campanha foi realizada nas diversas plataformas midiáticas digitais, incluindo chamadas em jogos de videogames. Diante disso, pode se dizer que a campanha tem sido um sucesso, pois segundo a SENAPRED nesses últimos cinco meses ela atingiu 16 milhões e 700 mil pessoas.


“Foram realizadas também ações de comunicação com a participação de atletas de 104 equipes masculinas e femininas do esporte brasileiro. Antes ou ao final das partidas, era exibida uma faixa com a frase conceito: Você nunca será livre se escolher usar drogas”, acrescentou a secretaria.


Diante do notório sucesso da campanha, o Governo Federal lançou a segunda etapa da campanha contra as drogas. Nesta nova fase, o slogan e o público alvo são os mesmos, mas o seu objetivo – de acordo com Quirino Cordeiro, atual SENAPRED – será reforçar a importância das ações de conscientização, levando informações e alertas importantes sobre os prejuízos causados ao desenvolvimento, a perda de liberdade causada pelo vício e os riscos trazidos pelas drogas.


“Essa campanha é muito importante por trazer uma série de inovações que atingem o público alvo. As ações em redes sociais, por exemplo, foram fundamentais para alcançarmos os jovens. [...] Este segundo momento da campanha tem o objetivo de fortalecer ainda mais o debate em torno do tema e levar ainda mais longe o trabalho de prevenção e combate que vem sendo realizado pela pasta”, frisa Quirino.


Cabe destacar que para reforçar campanha nesta segunda fase, foi lançada a música Dia Cinza, da Banda Melin. A faixa já soma mais de 255 mil citações nas redes sociais e já ultrapassa as 26 mil visualizações no Youtube. E tal sucesso pode ser entendido através da história real de Hélio Maia, um jovem de 23 anos e que é um dependente químico em tratamento.


Por Sérgio Botêlho Júnior


https://youtu.be/-YtgX7otLl4

©2019 por Imagine.Acredite