Buscar
  • Sérgio M. Botelho Júnior

André Clemente: Natal Iluminado de Brasília resgatou a força e a esperança do brasiliense


Mesmo em meio à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), momento em que a maior recomendação é manter o distanciamento social e ficar em casa, a capital do Brasil – linda desde a sua construção, há 60 anos – voltou a encantar os brasileiros e os cidadãos locais com o Natal Iluminado, que foi fruto do engajamento entre o poder público, o setor produtivo, a imprensa e os investidores.


E o encanto se deu por todo o Eixo Monumental de Brasília, com a instalação de luzes e decorações natalina que embelezaram desde a Esplanada dos Ministérios, passando pela região do Congresso Nacional, a Rodoviária Central, o Palácio e a Praça do Buriti, a Câmara Legislativa do Distrito Federal, até a Rainha da Paz. Com isso, milhares de empregos foram gerados de forma direta e indireta.


No entanto, para o secretário de Economia do Governo do Distrito Federal, André Clemente, uma das maiores riquezas proporcionadas pelo Natal Iluminado de Brasília foi o resgate, com a energia do Natal, da força e da esperança no seio do cidadão brasiliense que viveu um 2020 de muitas perdas ocasionadas pela pandemia. “Várias pessoas, em depoimentos, disseram que nunca viram Brasília tão bela e isso a engrandece muito, justamente, no ano que ela fez 60 anos. Metade do nosso governo, do governo Ibaneis – que é um governo marcado por cuidar das pessoas, que olha para o lado humano das pessoas – buscou resgatar a autoestima, tentado mostrar o quão importante é cada pessoa nesse processo todo”, comentou.


E completou: “A sociedade estava esperançosa por dias melhores, por oportunidades de resgatar os sonhos e ver que mesmo no momento de crise conseguiram serem mais elásticos, maiores, mais fortes, aprender e olhar pra frente, né. A prova disso é a própria Catedral aqui iluminada, bela e majestosa como sempre, agora com as cores e as luzes do Natal Iluminado. Quando você vem subindo na Esplanada e você vê aquela árvore de Natal que se transforma a cada momento, que você vê ali o poder de cada um se resgatar, se redesenhar a cada momento. Quando você vai subindo também e ver aquelas caixas de presente iluminadas, onde as pessoas passam por dentro. Eu vi pessoas em dias de chuva, à noite, dias de semana aqui, parados com guarda-chuva apreciando essa beleza, essa energia. E você vai subindo você ver as velas, vê os túneis todos iluminados. Quanta luz isso traz, quantos significados têm, não só visual físico, não só visual, mas uma energia muito grande também”.


Para o secretário de Economia do GDF, com o Natal Iluminado, todos os cidadãos aprenderam a apreciarem as estruturas administrativas com um olhar diferenciado. Por isso, ele parabenizou a todos os envolvidos na pessoa do governador Ibaneis Rocha, além de ter garantido que a iniciativa deve continuar sendo realizada nos próximos anos e com mais parceiros.


“Brasília cresceu. Brasília mudou. Brasília é maior. Brasília é diferente! Por isso também o que se faz aqui precisa ser diferente. Que Brasília nunca mais deixe de iluminar essa região. Vamos expandir esse projeto, vamos chamar as empresas, os hotéis, os prédios públicos, o governo federal, o poder judiciário e a Câmara Legislativa para fazerem parte desse projeto, para que ao final de todo ano saibamos que Brasília vai se tornar uma Brasília iluminada, uma Brasília de todos os brasileiros. A Brasília que todo o Brasil vai olhar para ela e falar: ‘Como é linda a nossa capital’”, garantiu.


Por Sérgio Botêlho Júnior








  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter ícone social

©2019 por Imagine.Acredite